Você está em: Home Icon Home Acessa Notícias Icon Noticia Acessa Notícia

Notícia

Problemas de infraestrutura levam à mudança do Espaço EMEI Criança para antiga Rui Barbosa

Data de Publicação: 25/11/2023

Icone acessibilidade Fonte Reset Icone acessibilidade Fonte Maior Icone acessibilidade Fonte Menor

reformas foram realizadas devido a problemas recorrentes de infiltração. Nos últimos meses, a situação se agravou consideravelmente, principalmente depois um deslizamento de terra nas proximidades, tornando a situação ainda mais crítica.

Mesmo após várias tentativas de reforma, o problema persistia desde a época da construção do espaço. A partir de agosto, a situação piorou significativamente, levando a uma série de medidas para lidar com a crise. Em uma reunião envolvendo professoras, pais e autoridades, foi decidido transferir o Espaço EMEI Criança para o antigo prédio da escola Rui Barbosa.

A parte superior da antigo Rui Barbosa havia sido reformada e estava sendo utilizada pela Secretaria de Saúde e Educação para projetos de escola integral. Após autorização de engenheiros e inspeções, foi constatado que a parte antiga poderia ser utilizada, enquanto a parte mais recente, construída na gestão anterior, segue interditada devido às condições inadequadas.

No início desta semana, a Secretária de Educação, Aira Bertola Reisner, conduziu uma reunião com as professoras para esclarecer os fatos. A solução encontrada foi realocar as 110 crianças para a antiga Rui Barbosa, uma parte do prédio que passou por reformas e foi considerada segura.

Uma visita em grupo foi realizada para verificar as salas de aula reformadas. Em uma reunião noturna no dia 18, pais, direção da escola, professoras, funcionárias, o vice-prefeito Goi e demais representantes da administração municipal, discutiram sobre a situação. Após explicações detalhadas sobre os alagamentos e goteiras frequentes no antigo espaço, os pais aprovaram a mudança, que foi efetivada.

No dia 24, as crianças foram recebidas no novo ambiente. A Secretária de Educação, Aira Bertola Reisner ressaltou: "As crianças estão bem instaladas, em um ambiente acolhedor". A mudança contou com o apoio da comunidade escolar, que compreendeu a necessidade da realocação diante das condições adversas no Espaço EMEI Criança.